quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Como nós quisermos




Quis muito negar o Inverno lá de fora. E, assim, uma toalha feita de luz, guardanapos a lembrar o tecido colorido das barracas da praia, pratinhos rosa que lembram sempre a cor da vida a despontar. Maçãs que estão à venda o ano todo e nos enganam um bocadinho os sentidos. Sabores frescos para uma entrada e a promessa de bolo de iogurte e coco para a sobremesa. Foi o meu aniversário e eu posso celebrá-lo na estação que me apetecer. Ainda é Inverno lá fora?...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Spaghetti Nero com Atum e Molho de Tomate


As soluções de recurso não têm que ser repetitivas nem aborrecidas. Podemos em pouco mais de 10 minutos ter uma refeição nutritiva à mesa. Sem grande preparações, foi isso que aconteceu num destes dias de semana. Cheguei a casa demasiado tarde e a imaginação era quase nenhuma. Vi que tinha spaghetti nero, o fiel amigo atum e molho de tomate frito. Literalmente 10 minutos depois tinha o jantar à mesa ;)


Ingredientes

250 gr de spaghetti nero
1 lata de atum em azeite
tomate frito q.b.
salsa picada
um pouco de sal
azeitonas q.b.

Preparação

Cozer a massa, em água a ferver e sal, seguindo as indicações da embalagem (no meu caso, 8 minutos). Escorrer bem. No mesmo tacho onde cozeu, juntar o tomate frito, a gosto, e o atum previamente escorrido. Envolver bem e rectificar de sal, se necessário. Polvilhar com salsa picada, acrescentar umas azeitonas laminadas, e servir de imediato.

Bom Apetite!

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Verde





A cor da esperança é talvez a mais predominante à minha mesa. Tenho muitos copos e pratos dessa cor e das várias gradações que um verde pode ter. Um pouco, talvez, por não haver muito verde ao meu redor. Essa pode ser a razão subconsciente. Por outro lado, e apesar de ser uma cor que aprecio bastante, não a uso muito frequentemente na roupa que visto ou na decoração da minha casa. Em todo o caso, acho que à mesa - à minha mesa - vai muito bem ;)




quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Arroz de Vinagre e Salsa


Sou atenta às dicas e aos conselhos que me dão. Como este, dada por uma colega de trabalho, a propósito de um arroz branco bem soltinho com umas gotas de vinagre e um punhadinho de salsa no final. Dito e feito. Feito e aprovado ;)

Ingredientes

1 chávena de chá de arroz agulha
2 chávenas de chá de água
1 fio de azeite

1 dente de alho
1 colher de chá de vinagre de vinho branco
sal


Preparação 
  
Aquecer num tacho o azeite com o dente de alho picado. Juntar a água e deixar ferver. Temperar de sal e adicionar o arroz, mexendo-o com um garfo. Adicionar o vinagre e mexer mais um pouco só para o vinagre se diluir de forma homogénea.  Quando levantar fervura, tapar, baixar o lume para o mínimo, e deixar cozer por uns 12 a 13 minutos. Um minuto antes de terminar a cozedura, adicionar a salsa picada.


Bom Apetite!


segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Tarte Delícia de Frango




A origem foi perfeitamente despretensiosa... Um domingo à noite com alguns restinhos no frigorífico: umas sobras de frango assado, uma batata cozida, um ovo cozido, mais um ovo para cozer. Uma olhadela rápida para ver se havia mais alguns ingredientes disponíveis, um pouco de improvisação e... voilá! Uma tarte de frango das mais deliciosas que já preparei. Tão boa ficou, que merece ser anotada para, da próxima vez, ir guardando uns restinhos de frango assado, de batata cozida, de ovo cozido etc e tal ;) ...

Ingredientes

2 bases de massa quebrada
1 cebola grande
azeite
2 chávenas de chá de ervilhas congeladas
1 batata cozida cortada em cubinhos pequeninos
2 peitos de frango assados, desfiados
noz-moscada
sal
2 colheres de sobremesa de farinha
cerca de 1 dl de leite
2 ovos cozidos
2 fatias de queijo limiano
pimenta


Preparação

Num tacho, refogar uma cebola picada num fio de azeite. Deixar cozinhar por uns minutos. Adicionar depois as ervilhas e deixar cozinhar por 5 minutos. Acrescentar a batata em cubinhos, o frango desfiado e temperar com sal e noz-moscada. Envolver bem. Adicionar então a farinha e, depois de voltar a mexer bem, juntar o leite aos pouquinhos, envolvendo bem até que a farinha coza e o leite se incorpore, obtendo um creme de frango aveludado. Retificar os temperos e reservar. Forrar uma tarteira com uma das bases de massa quebrada, picando bem o fundo com um garfo para não enfolar. Colocar o recheio de frango e, por cima, as fatias de queijo partidas em pedaços pequenos e os dois ovos cortados às rodela. Acrescentar um pouco de pimenta preta e colocar a segunda base de massa por cima, unindo bem os bordos das duas bases e calcando-os com um garfo para não se abrirem durante a cozedura. Levar ao forno pré-aquecido, a 180ºC, por 25 minutos. Servir com uma boa salada de alface e arroz de vinagre e salsa (a receita vem já a seguir ;)).

Bom Apetite!




sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Arroz de Grelos e Feijão Manteiga



O frio pede comidas quentes e reconfortantes. Uma panela a fumegar com cheiros quentes pelo ar, o forno ligado para assar umas alheiras e temos um almoço que rima com o Inverno. Comido num prato bonito e não se pode pedir mais ;) Só boa companhia e um bom vinho a acompanhar!

Ingredientes

1 cebola
azeite
1 chávena de chá de feijão manteiga cozido
1 chávena de chá de arroz carolino
1 molho de grelos cozidos
1,5 chávenas de chá de água de cozer o feijão
1,5 chávenas de chá de água de cozer os grelos
sal

Preparação

De véspera, demolhar o feijão em bastante água. No dia seguinte, cozê-lo em água pelo tempo necessário até que fique suave e tenro. Reservar o feijão e a água da cozedura. Arranjar os grelos e levá-los também a cozer em água com um pouco de sal por cerca de 10 minutos. Reservar, guardando também a água da cozedura. Num tacho largo, refogar a cebola picada num fio generoso de azeite. Ao fim de uns minutos, juntar o arroz e deixar fritar por uns 2 minutos, envolvendo-o bem no azeite. Adicionar então a água de cozedura do feijão e dos grelos (ambas devem estar quentes), em partes iguais. Retificar o sal, se necessário. Introduzir o feijão e os grelos e, quando retomar a fervura, reduzir o lume para o mínimo e deixar cozinhar por uns 13/14 minutos. Servir a acompanhar, por exemplo, uma alheira assada no forno.

Bom Apetite!



quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

A Primeira Mesa de Domingo






A primeira mesa de Domingo de 2015. Azul, para dar sorte. Guloseimas, para que nunca nos falte o doce da vida. Pinhas de Serralves para que haja sempre visitas ao parque e ao nosso museu favoritos. Um coral que é mar e será sempre memória da minha avó Ana. Uma vela para que haja calor e luz neste ano que agora se inicia. A todos os domingos. Que sejam sempre dias de paz e comunhão.